Detalhes

Bíblia, Escola Sabatina
2 anos atrás

Motivação
Certa noite após o culto, saí da igreja com a intenção de nunca mais voltar. Tinha 13 anos e fiquei chateado pela forma como um diácono da igreja me tratou. Na realidade, ele tinha razão. Eu é que estava buscando algum motivo para deixar de frequentar a igreja. Quando cheguei a casa, esperei na porta, porque não tinha a chave, e logo depois chegou minha mãe, que me perguntou por que eu tinha saído da igreja antes de terminar o culto. Então eu respondi diretamente: “Nunca mais vou entrar na igreja. Por favor, não me obrigue. Não acho mais graça em estar ali”. Ela me escutou serenamente e depois me convidou para entrar e se sentou comigo na sala e me contou uma história desconhecida para mim. Ela falou: “Quando estava grávida de 7 meses, sofri muito essa gravidez. Tive eclâmpsia e várias complicações. Os médicos procuraram salvar a minha vida, mas a vida da criança estava em grande risco. Mas Deus foi muito bondoso, e essa criança, apesar de nascer muito pequena e fragilizada, ganhou de Deus a vida e cresceu saudável. Depois houve até três complicações das quais Deus o livrou, e essa criança é você. Deus não fez todos esses milagres para que agora você viva fora de Seus planos. Ele tem um plano para você”. Logo depois de falar tudo isso, ela me deu um beijo e se foi. Aquela noite não consegui dormir. Na manhã seguinte, tinha só uma coisa em minha cabeça: “E agora? O que devo fazer?”. Minha mãe respondeu: “Levante-se e batize-se”. E foi isso o que eu fiz.
A vida não tem sentido se fugimos dos propósitos de Deus.

Foco: Saber que a promessa de que “nada é impossível para Deus” deve nos capacitar a esperar nEle, a dar ouvidos à Sua Palavra e a orar pelo cumprimento de Seus propósitos em nossa vida.

Compreensão:

I. Sobre o Autor e o objetivo do livro

Pergunta 1: Sobre o autor. Quem foi Lucas?

  1.  Lucas foi companheiro de viagem de Paulo
  2.  Era gentio (Col. 4:10-14).
  3.  Além de médico, ele era um historiador meticuloso.
  4.  A tradição afirma que foi martirizado na Grécia e morto em uma oliveira verde.
    Pergunta 2: Qual é a diferença em relação aos outros evangelhos?
    Mateus: Escrito para ouvintes judeus. A genealogia de Jesus vai desde Adão e ressalta a Jesus como o grande Mestre.
    Marcos: Os destinatários foram os romanos. Mostra Jesus como um homem de ação, fazendo muitos milagres.
    Lucas: Os destinatários foram os gentios.
    • Coloca a Jesus em contato íntimo com as necessidades humanas.
    • Lucas não apresenta Jesus como o cumprimento das profecias do AT.
    • Lucas conta a história do Bom Samaritano (Lc 10:30-37).
    • Destaca o fato de que Elias foi ajudado por uma viúva de Sarepta (Lc 4:26).
    • E que Eliseu só curou a Naamã o sírio (Lc 4:27).

Pergunta 3 Qual foi o propósito do livro?
1. Apresentar uma exposição em ordem da vida extraordinária de Jesus (Lc 1:3).
2. Mostrar o relato histórico, mostrando que Jesus é real (Lc 1:5; 2:1-5) e que veio para trazer a boa-nova de salvação para TODA A humanidade (Lc 1:31-35).

II. O nascimento de Jesus
Pergunta 4: Que caraterísticas rodearam o nascimento de Jesus?
(Lc 2:10)
1. A boa-nova não foi dada aos ricos nem aos poderosos, nem aos escribas nem aos sacerdotes, mas foi dada aos humildes e desprezados pastores.
2. O mais precioso dom do Céu veio numa embalagem simples, mas o presente trouxe glória a Deus, paz na Terra e boa vontade para com os homens.

Pergunta 5: Quais foram as ênfases do evangelho de Lucas?
Lucas 2:9-12
1. A boa-nova do evangelho é para todos;
2. Jesus é o Salvador;
3. Jesus Cristo é o Senhor.
III. Testemunhos da singularidade de Jesus
Pergunta 6: Segundo Simeão, existem dois aspectos significativos do ministério de Jesus:
1. Cristo exige exclusividade: Não existe meio-termo. Ou permanecemos nEle, ou não. (Lc 2:34)
“E Simeão os abençoou, e disse a Maria, sua mãe: Eis que este é posto para queda e elevação de muitos em Israel, e para sinal que é contraditado.”
2. Morte de Jesus na cruz (Lc 2:35). A cruz é o eixo em torno do qual gira todo o plano da salvação.
“E uma espada traspassará também a tua própria alma.”

Aplicação:
1. A resposta de Maria à notícia do nascimento de Jesus soa como música aos ouvidos de Deus. “Que se cumpra em mim conforme a tua palavra.” Submissão imediata, disposição à vontade de Deus. Sem dúvida, a iniciativa divina requer entrega e aceitação.
2. Lucas 2:34 define que com Cristo não há posição neutra: ou a pessoa O aceita ou O rejeita.
3. E você se sente pobre ou indefeso? O que pode aprender com a certeza dada por Gabriel de que “nada é impossível para Deus”? (Lc 1:37)

Criatividade:
Deus Se agradou de comunicar Sua verdade ao mundo por meio de agentes humanos que Ele próprio, pelo Seu Espírito, faz idôneos para essa missão, dirigindo-lhes a mente no tocante ao que devem falar.
Nessa semana, você tem uma mensagem para proclamar, e Deus lhe dará a