Detalhes

Bíblia, Escola Sabatina
2 anos atrás

Motivação:
Quantas vezes ao dia vocês comem? Essa foi a pergunta de uma nutricionista aos seus clientes. Alguns responderam 3, outros, 2, alguém, 4. Mas a resposta de um deles chamou a atenção. Ele falou: “Uma vez ao dia”. Mas depois ele explicou: “Como o dia inteiro sem parar”.
Se a pergunta fosse, quantas vezes ao dia devemos orar, qual seria a sua resposta? Três vezes? Mais?

A oração eficaz não consiste em bater novos recordes de tempo orando ou em melhorar as palavras expressadas. A oração eficaz consiste em viver toda a minha vida e falar todas as minhas palavras na alegre consciência da presença permanente do Espírito Santo.

Foco: Reconhecer que a fé e a vida cristãs são geradas e nutridas pelo Espírito Santo. É essencial que essa vida seja sustentada por uma conexão incessante com Deus através da oração, do louvor, das ações de graças, da intercessão e da dependência.
Compreensão:
I. Jesus e o Espírito Santo
Pergunta 1: Como se manifestou o Espírito Santo no início da vida de Jesus na Terra?
– A concepção de Jesus ocorreu por meio do Espírito Santo (Lc 1:35).
– O Espírito Santo revelou às pessoas que Jesus era o Salvador prometido. Ex.: Isabel e Simeão (Lc 2:25-32).
Pergunta 2: O que significa a expressão “O Espírito do Senhor está sobre mim” (Lc 4:18)?
O Espírito foi Seu constante companheiro, Sua força sustentadora e Sua presença constante entre Seus seguidores.
Pergunta 3: Por que a blasfêmia contra o Espírito Santo é o mais grave de todos os pecados? (Lc 12:10)

II. Jesus e a oração
Pergunta 3: Qual foi a primeira coisa que Cristo fez após o Seu batismo?
Estar sozinho em comunhão e oração.

Pergunta 4: O Evangelho de Lucas registra que Jesus nos deu alguns princípios gerais da oração, qualidades que devem caracterizar a oração. Quais são eles?
– Orar pelos inimigos (Lc 6:28).
– Orar pela obras de Deus no mundo (Lc 10:2).
– Orar por coragem espiritual (Lc 18:1).
– Orar em confissão e humildade (Lc 18:10-14).
– Orar sempre (Lc 21:36).

Aplicação:
1. Se Jesus, sendo divino, foi tão dependente da orientação do Espírito Santo, quanto mais nós devemos buscar fervorosamente essa orientação.

Criatividade:
Jesus afirmou: O Espírito do Senhor está sobre Mim, porque Ele Me ungiu PARA pregar boas-novas aos pobres.
A intervenção do Espírito Santo tem um propósito: diz a Escritura que é PARA pregar.
Se Deus o abençoa, é para um propósito.
Se Deus lhe dá saúde, é para cumprir uma missão.
Se Deus o unge, é para pregar e anunciar as boas-novas da salvação.