Detalhes

Bíblia, Escola Sabatina
2 anos atrás

Motivação:
Toda pessoa reconciliada com Deus exerce a grandiosa missão de embaixador de Deus.
a) O embaixador vive em terra estranha.
b) O embaixador fala em nome do seu governo.
c) O embaixador representa o seu país.
O EMBAIXADOR TEM COMPROMISSOS:
1) O embaixador transmite a mensagem de quem o enviou.
2) Não determina a sua própria missão. Ele vai para onde é enviado.
3) Não se naturaliza, é sempre um estrangeiro.
4) Tem compromisso com os interesses soberanos do seu país.

Foco: Examinar a fidelidade de Abraão, alguém que foi chamado pelo Senhor para ir a outra terra e testemunhar às pessoas a respeito do verdadeiro Deus, o Criador e Redentor.
Compreensão:
I. Implicações do chamado de Abraão
Pergunta 1: Que princípios você pode encontrar em Gênesis 12:1-3, a respeito do chamado:
Pergunta 2: Qual é a importância da fé na experiência do chamado?
Hebreus 11:8. Se soubéssemos, não seria preciso muita fé; portanto, esse desconhecimento é um pré-requisito para se viver verdadeiramente pela fé.
II. Experiências do Missionário Abraão fora e dentro de sua própria casa.
Pergunta 3: Exemplos de debilidade, impediram testemunhar de Deus. Gênesis 12:11-13; 20:2.
Pergunta 4: Qual foi o impacto da vivência de Abraão na vida de sua família?
Gênesis 18:18, 19. “E aquilo que dava poder ao ensino de Abraão, era a influência de sua própria vida. Sua grande casa consistia em mais de mil almas, muitas das quais chefes de famílias, e não poucos recém-conversos do paganismo” (Ellen G. White, Educação, p. 187).
Aplicação:
1. Muitos de nós somos provados como Abraão foi. Talvez não ouçamos a voz de Deus falando diretamente a nós, mas Ele nos chama pelos ensinos de Sua Palavra e pelos eventos de Sua providência
2. Manteve relacionamento amistoso com os reis das nações, por alguns dos quais ele era tratado com grande respeito; será que nós somos respeitados por nossa forma de viver?
Criatividade:
“Em ti serão benditas todas as nações da terra”. A bênção que recebemos se não atingir aos que nos rodeiam, não cumpre sua verdadeira missão. Deus quer abençoar pessoas, mas principalmente para ser uma bênção para os que vivem perto de nós.
Vivamos de tal maneira que nossa vida possa influir poderosamente nas pessoas que estão ao nosso redor.