Detalhes

Bíblia, Escola Sabatina
2 anos atrás

Motivação:
Qual é a diferença entre autoridade e autoritarismo?
Poderíamos dizer que autoridade é a influência moral de uma pessoa sobre outra. Um exemplo claro desse conceito é a influência que um pai exerce sobre o seu filho em relação ao seu comportamento a partir do seu poder e força (autoritarismo) ou a partir de seu amor e exemplo (autoridade).
Às vezes podemos dizer que aquela pessoa tem autoridade para dizer o que está dizendo?
Porque vive o que fala.

Foco: Entender que, como Seus seguidores, devemos viver, nos relacionar, adorar e testemunhar como cidadãos de Seu reino.
Compreensão:

I. Jesus, o mestre por excelência
Pergunta 1: Por que os ensinos de Jesus eram tão poderosos?
Lucas 4:32: “E muito se maravilhavam de sua doutrina, porque a sua palavra era com autoridade”. Porque tinha autoridade:
1. Sobre a vida e a morte (Lc 7:11-17);
2. Sobre a natureza (Lc 8:22-25);
3. Sobre os demônios (Lc 4:31-37);
4. Para perdoar pecados (Lc 5:24).
Pergunta 2: Por que os ensinos de Jesus conhecidos como “O sermão da Montanha” (Lc 6:20-49) são conhecidos como a essência do evangelho?Porque o Sermão da Montanha delineia as caraterísticas essenciais do comportamento cristão.

II. Em que consiste o amor?
Pergunta 3: Por que a pergunta do intérprete da lei e que deu origem à parábola do bom samaritano estava mal feita?
“Mestre, que farei para herdar a vida eterna?” (Lc 10:25).
Segundo a Bíblia, nós não podemos fazer nada para herdar a vida eterna. Quem tinha que fazer algo era Jesus, e Ele o fez. Ele nos amou primeiro e deu a Sua vida para que pudéssemos herdar a vida eterna. Por isso, a Bíblia fala: “Se me amais, guardareis os meus mandamentos” (Jo 15:14).

Pergunta 4: Qual é a mensagem principal da parábola do bom samaritano?
A mensagem principal desta história não é caridade. Esta história não está focando assistência social.
(vs. 27, 28) Amor e vida
Esta história está relacionada primeiramente com a salvação e a justificação e consequentemente com a nossa missão.

Aplicação:
Na história do bom samaritano, Jesus ofereceu uma descrição de Si mesmo e de Sua missão. Um homem foi ferido, despojado e arruinado por Satanás. O Salvador, porém, teve compaixão do nosso estado de desamparo. Deixou Sua glória para vir em nosso socorro. Achou-nos quase a morrer, curou-nos as feridas. Cobriu-nos com Sua veste de justiça. Proveu-nos um seguro abrigo e tomou providências em nosso favor. “Isto vos mando: que vos ameis uns aos outros” (Jo 15:17).

Criatividade:
A hospedaria representa a igreja, e o hospedeiro, cada um de nós. Jesus deu uma missão clara: “Cuida dele”.
Somos um povo chamado para cuidar daqueles que sofrem os ataques do diabo.
Spurgeon escreveu: “Se você não tem nenhum desejo de levar outros para o Céu, você mesmo não está indo para lá”.